Jornal do Vinho

Garrafa mais leve para o champanhe

Novo vasilhame padrão para o espumante pesará 65 gramas a menos do que o atual

Marcos Pivetta/www.jornaldovinho.com.br

18/03/2010

A indústria do champanhe está entrando na era do ecologicamente correto. Quer diminuir o peso de suas pegadas de carbono pelo mundo. O Conseil interprofessionnel du vin de Champagne (CIVC), entidade que representa os produtores da região, apresentou na terça-feira (16/o3) uma garrafa do famoso espumante com 835 gramas de peso, 65 gramas a menos do que o vasilhame padrão utilizado até agora. Com a adoção de uma garrafa mais leve, que mantém o mesmo desenho e dimensões de sua predecessora, os produtores esperam reduzir as emissões anuais de carbono decorrentes de seu negócio em 8 mil toneladas, o equivalente a retirar de circulação 4 mil automóveis.

As novas garrafas de três quartos de litro devem começar a ser adotadas pelos produtores daqui a um ou dois anos. Seu emprego não é obrigatório, mas o CIVC argumenta que não há razão para não usá-las. Segundo a entidade, apesar de mais leves, os vasilhames de 835 gramas são tão resistentes quanto os de 900 gramas e custam o mesmo.

Para aguentar a pressão interna originada por seu borbulhante conteúdo, as garrafas de espumantes pesam o dobro das empregadas para conter vinhos tranquilos, sem gás carbônico dissolvido na bebida.  No início do século passado, pesavam 1,2 quilo, de acordo com reportagem no site do jornal francês L’Union – L’Ardennais, de Reims (Champagne). Com a constante modernização da indústria de vidros, as garrafas vêm perdendo gordura desde então. E agora vão ficar ainda mais magricelas.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *