Jornal do Vinho

Uma Mistral do B

Vinci, a nova importadora de vinhos de Ciro Lilla em São Paulo

Marcos Pivetta/www.jornaldovinho.com.br

16/03/2007

O que você faria se fosse proprietário de uma grande e bem-sucedida importadora de vinhos, coalhada de produtores de primeira grandeza, como o italiano Gaja e o argentino Nicolás Catena, mas na qual fosse cada vez difícil dar a devida atenção a todos os nomes de peso de seu catálogo e quase impossível incorporar novas vinícolas ao seu portifólio? Para Ciro Lilla, dono da importadora Mistral, com sede em São Paulo, a saída desse impasse foi simples: ele abriu outra importadora de vinhos na capital paulista, a Vinci. Dessa forma, grandes produtores do Piemonte, como Elio Altare ou La Spinetta, para ficar num exemplo italiano, que se encontravam um pouco ofuscados na Mistral pelo brilho intenso demais de um Gaja, podem se sobressair nas ações de marketing e vendas da Vinci.

Lilla garante que a nova importadora trabalhará de forma totalmente independente da Mistral. “Apenas eu e meu filho Otavio estamos nas duas empresas”, diz Lilla. “Os demais funcionários da Vinci não têm ligação com a Mistral.” Do primeiro catálogo da Vinci, que começa trazendo 700 vinhos de 120 produtores de 10 países, fazem parte muitas vinícolas que já estavam na Mistral, como a australiana Rosemount, a sul-africana Rust em Vrede e a norte-americana Bonny Doon. Isso sem falar nos vinhos da linha Argento, os rótulos mais básicos do grupo Catena, e num bom número de produtores italianos, franceses, portugueses e espanhóis que migraram de uma para outra importadora. A lista é realmente grande e é recomendável dar uma olhada nos sites da Mistral e da Vinci para ter certeza em qual empresa ficou seu produtor favorito.

Mas o novo projeto de Lilla também traz rótulos que não estavam na Mistral. Esse é o caso dos tintos e brancos da O. Fournier, cujos vinhos espanhóis e argentinos eram até recentemente vendidos no país pela importadora Grand Cru. Outra novidade no catálogo da Vinci, que promete investir pesado em produtos de boa relação preço/qualidade, são os vinhos da Kaiken, projeto argentino da chilena Viña Montes.

A Vinci – que fica na rua João Tobias, 227, São Paulo (Tel: 11- 6097-0000) – faz entregas em todo o Brasil. Não há pedido mínimo para as compras.

Print Friendly, PDF & Email
Tagged on: ,

One thought on “Uma Mistral do B

  1. admin Post author

    Boa noite,
    Não trabalho com comércio exterior. Sou jornalista. Não tenho essas informações. Sugiro procurar um importador.

    Boa sorte

    Marcos Pivetta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *