Jornal do Vinho

Vozes do vinho

Conversas com três personalidades que estiveram na segunda edição do Vini Vinci

Marcos Pivetta/www.jornaldovinho.com.br

02/09/2009 (Atualizado em 07/09/2009)

Entre 18 e 20 de maio passado, a importadora Vinci promoveu no Rio de Janeiro e em São Paulo um grande evento que reuniu representantes de 40 produtores de vinho presentes em seu catálogo. O público que participou da segunda edição do Vini Vinci pôde degustar cerca de 200 diferentes rótulos e conversar com proprietários, enólogos e funcionários de vinícolas de oito países (Alemanha, Argentina, Brasil, Chile, Espanha, França, Itália e Portugal).

Para dar uma ideia da diversidade de ideias e de estilos de vinhos que povoaram a feira, entrevistei três personagens de origem e trajetória bastante distintas: um dos maiores promotores do vinho italiano de alta qualidade nas últimas três décadas, Marc de Grazia, dono de uma empresa que representa cerca de 80 pequenos pequenos produtores de 14 regiões da Velha Bota e ele mesmo vitivinicultor na Tenuta delle Terre Nere, sua vinícola nas encostas do vulcão Etna, na Sicília; um ex-financista que entrou no ramo vinícola apenas em 2001 e rapidamente virou uma referência, o espanhol José Manuel Ortega Gil-Fournier, proprietário da vinícola O. Fournier, baseada no Vale do Uco, em Mendoza (Argentina), mas também produzindo em Ribera de Duero (Espanha) e no Vale do Maule (Chile); o enólogo grego radicado na França, Dimitri Bazas, que desde 1999  elabora os vinhos da Maison Champy, o mais antigo négociant (empresa que compra uvas, mosto e/ou vinhos de terceiros para misturá-los e chegar a um blend final a ser vendido com uma marca própria) da Borgonha, fundada em 1720.

Hoje publico a primeira entrevista, com Marc de Grazia. A segunda, com José Manuel Ortega Gil-Fournier, vai ao ar amanhã, e a terceira, com Dimitri Bazas, na sexta. As duas primeiras entrevistas saíram, em versões menores, no Bon Vivant de julho.

Print Friendly, PDF & Email
Tagged on: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *