Jornal do Vinho

Desempenho desigual

Venda de espumante gaúcho aumenta 13% no ano passado, mas o setor dos vinhos nacionais não apresenta o mesmo dinamismo

Marcos Pivetta/www.jornaldovinho.com.br

08/02/2011

O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) acaba de divulgar um balanço com os grandes números relativos à comercialização de vinho nacional no ano passado. Os espumantes gaúchos bateram recorde de consumo em 2010: 12,5 milhões de litros da bebida foram vendidos em 2010, um aumento de  cerca de 13% em relação a 2009. Se forem incluídos os vinhos borbulhantes elaborados no Nordeste e em Santa Catarina, a quantidade de espumante brasileiro vendida no ano passado passou dos 14,5 milhões de litros. Também a venda de suco de uva foi bem no ano passado: aumento 20% em relação a 2009 , atingindo um total de 36,7 mihões de litros.

Já os vinhos brasileiros como um todo, excluindo-se os espumantes, perderam mercado em 2010. A venda de todos os tipos de vinhos, comum e finos (feitos com uva viníferas), regrediu 3,3%,. No ano passado, foram comercializados 232 milhões de litros de vinho. Em 2009, o número chegou a 240 milhões de litros. A boa notícia (para o setor nacional) foi que a venda de vinho tinto fino cresceu 3,4% em 2010 e atingiu a marca de 13,48 milhões de litros comercializados.

Mais detalhes no site do Ibravin.

Print Friendly, PDF & Email

One thought on “Desempenho desigual

  1. Leandro Ebert

    Realmente o mercado de vinhos tranquilos não acompanha a ascenção do de espumantes nacionais.
    A concorrencia no primeiro caso com os demais produtores da América do Sul se torna desulgual devido ao preço em que se encomtram os concorrentes, ofertando boa qualidade. O governo brasileiro poderia dar incentivos aos nossos produtores para que concorra de igual para igual no mercado interno e externo.

    Confira o meu blog.

    abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *