Jornal do Vinho

Na direção da fronteira

Salton compra 700 hectares de terra na região de Santana do Livramento e é criada associação de produtores da Campanha Gaúcha

Marcos Pivetta/www.jornaldovinho.com.br

29/04/2010

Depois de perder para a Miolo a disputa pelos vinhedos da Almadén, a Salton conseguir agora fincar definitivamente os pés na fronteira sul. A empresa comprou 700 hectares de terras na região da Santana do Livramento, perto da fronteira com o Uruguai.  Nos próximos dez anos, a Salton pretende plantar 500 hectares de vinhedos na propriedade.  Neste ano, vai começar o cultivo de 30 hectares de Chardonnay que devem ser destinados à fabricação de espumantes a partir de 2014. A segunda variedade a ser plantada deverá ser a Pinor Noir.

Outra notícia que mostra a expansão do negócio do vinho para a porção sul do Rio Grande do Sul.  Foi lançada ontem, durante a Expovinis, Associação dos Produtores de Vinhos Finos da Campanha Gaúcha. A entidade nasce com 15 vinícolas associadas e já fala em iniciar o trabalho em busca da obtenção de uma Indicação de Procedência.

Ainda na Expovinis, a Miolo, que, aliás, faz parte da nova associação, também apresentou a repaginada linha de vinhos da Almadén, agora novos rótulos e tampa de rosca nas garrafas.

A metade sul do Rio Grande deve render muita notícia nos próximos anos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *